Burberry vai usar blockchain para rastrear roupas de grife

Burberry vai usar blockchain para rastrear roupas de grife

A Burberry, uma das marcas mais famosas do mundo, vai utilizar a tecnologia blockchain para rastrear suas roupas de grife.

A iniciativa é resultado de uma parceria com a empresa de tecnologia International Business Machines Corporation (IBM).

O objetivo da ação é promover a sustentabilidade e aumentar a transparência no mercado sobre a origem das roupas.

Protótipo de aplicativo

O resultado da parceria, conforme noticiou o Metrópoles nesta quinta-feira (15), é um protótipo de aplicativo. Assim, a ferramenta permitirá que os consumidores acessem o ciclo de vida e a jornada das peças de luxo da grife.

Para viabilizar o aplicativo, a empresa contou com a colaboração de estagiários da IBM. Juntos, eles construíram o sistema em três meses, que ganhou o nome de Voyage.

Para isso, utilizaram dados e pesquisas levantadas no período.

Sobre a colaboração, Mark McClennon, diretor de informática da Burberry, destacou:

“Estamos muito satisfeitos por termos ajudado a enfrentar este desafio. A colaboração interfuncional entre as indústrias é crucial para a construção de um futuro mais sustentável.”

Em breve, será possível fazer consultas no projeto Voyage e acessar as informações da cadeia produtiva das peças até chegarem às lojas da grife em todo o mundo.

IBM Blockchain e sustentabilidade

O aplicativo da Burberry vai utilizar a tecnologia IBM Public Cloud, com nuvem de dados híbrida e a ferramenta IBM Blockchain. 

O próximo passo será a implementação do sistema no aplicativo móvel da Burberry. Em seguida, a funcionalidade será testada pelos clientes.

Dessa forma, a empresa poderá avaliar o interesse deles em conhecer as cadeias de suprimentos de roupas antes de comprá-las.

Essa iniciativa integra a estratégia de sustentabilidade da Burberry. Até 2022, a empresa pretende garantir que cada produto tenha pelo menos um atributo ambiental positivo. 

Além disso, a companhia quer que todo couro e algodão sejam produzidos de forma sustentável.

Por outro lado, a empresa também firmou o compromisso de melhorar a vida de um milhão de pessoas que fazem a confecção.

Leia também: “Bitcoin é o e-mail, Ethereum é a internet”, afirma regulador dos Estados Unidos

Leia também: 200 fraudes financeiras já foram reportadas à CVM em 2020

Leia também: Mais de R$ 5 bilhões foram investidos em Bitcoin por meio da Grayscale

BTC LAST NEWS: Crupto Facil