BTC, ETH, XRP, NEAR, CHZ, LTC e LINK – Análise 10 de novembro

Avatar



Análise de sete criptomoedas que estão em tendência de alta e podem ter valorizações ainda mais significativas num futuro próximo.

BTC

O Bitcoin (BTC) atingiu uma nova máxima histórica de US$ 68.564 na terça-feira (9). No entanto, ele tem caído desde então.

O movimento de queda foi precedido por uma divergência de baixa no RSI e no MACD. Isso significa que o movimento de alta não combinou com um aumento semelhante nos indicadores técnicos.

Isso geralmente precede os movimentos de baixa, como tem sido o caso do BTC até agora. Além disso, o ativo parece estar se aproximando do topo local de seu movimento de alta.

Gráfico do BTC no TradingView

ETH

O Ethereum (ETH) está subindo dentro de uma cunha de alta desde 28 de outubro. Essas cunhas são consideradas padrões de baixa, o que significa que um rompimento seria mais provável.

Além disso, o token está se aproximando da área de resistência de US$ 4.850, criada pelo nível de retração externa de 1,61 de Fibonacci. Da mesma forma que o BTC, é possível que o ETH atinja em breve um topo local.

Gráfico do ETH no TradingView

XRP

O XRP (XRP) está em alta desde o rompimento de uma linha de tendência de baixa em 28 de outubro. No último domingo (7), ele recuperou a área de resistência de US$ 1,22, validando-a como suporte posteriormente. Isso confirmou que o movimento de queda havia chegado ao fim.

Atualmente, o token está em processo de validação da área como suporte. Fazer isso abriria caminho para um considerável movimento de alta.

Gráfico do XRP no TradingView

NEAR

O Near Protocol (NEAR) está em tendência de alta desde sábado (6). Na época, ele havia apenas saltado na linha de resistência de seu canal paralelo de alta anterior, confirmando-o como suporte. Além disso, ele validou a área horizontal de US$ 10,20 como suporte.

Isso iniciou um movimento de alta que levou o token perto da sua máxima histórica de US$ 13,24. Um rompimento acima provavelmente levaria o NEAR para US$ 15,34, que é o nível de retração externa de 1,61 de Fibonacci da queda anterior.

Gráfico do NEAR no TradingView

CHZ

A Chiliz (CHZ) está subindo desde que rompeu um triângulo simétrico em 30 de outubro. O movimento de alta levou a um topo de US$ 0,656 no mesmo dia.

Enquanto o token tem se movido para baixo desde então, a CHZ está se mantendo acima da área de suporte horizontal de US$ 0,45 (ícone verde). Fazer isso é crucial para a continuação do movimento de alta.

Se o token conseguir se segurar acima desta área, a próxima resistência estará em US$ 0,646. Este é o nível de retração de 0,618 de Fibonacci e coincide com as máximas de 30 de outubro.

Gráfico da CHZ no TradingView

LTC

A Litecoin (LTC) está subindo a uma taxa acelerada desde segunda-feira (8). O movimento de alta levou a criptomoeda acima de suas máximas de setembro e até agora levou a uma alta de US$ 295,7, que totalizou uma valorização de 47% em três dias.

Atualmente, a LTC está em processo de ultrapassar a área de resistência de US$ 297, que é o nível de retração de 0,618. Isso provavelmente levaria a um movimento de alta em direção à máxima anual de US$ 415.

Gráfico da LTC no TradingView

A Chainlink (LINK) está em tendência de alta desde 21 de setembro. Atualmente, ela está em processo de ultrapassar a área de resistência horizontal de US$ 35, criada pelas altas de setembro.

Se for bem-sucedido, não haverá mais resistência até US$ 52. Uma subida para esses níveis equivaleria a uma valorização de 43%.

Gráfico da LINK no TradingView

Confira a análise do dia do Bitcoin.

O artigo BTC, ETH, XRP, NEAR, CHZ, LTC e LINK – Análise 10 de novembro foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.

Marketcrypto.com.br: News

EnglishGermanPortugueseRussian