BTC, ETH, XRP, CHZ, XMR, OMG, HNT — Análise 21 de setembro

Avatar



O Bitcoin (BTC) rompeu abaixo da área de suporte horizontal de US$ 44.000.

O Ethereum (ETH) está na onda C de uma estrutura corretiva A-B-C. Já a XRP (XRP) está seguindo uma linha de suporte descendente.

A Chiliz (CHZ) é negociada acima de uma confluência de níveis de suporte, a US$ 0,25. A Monero (XMR) rompeu uma linha de tendência de alta, enquanto a OMG Network (OMG) rompeu um triângulo simétrico. Por fim, o Helium (HNT) validou uma linha de tendência de baixa como suporte.

BTC

O BTC caiu consideravelmente na segunda-feira (20), ficando abaixo da área de suporte de US$ 44.000 e criando um grande candle de baixa. A área de US$ 44.000 agora deve atuar como resistência de preço.

Os indicadores técnicos no gráfico diário são de baixa. Ambos o RSI e o MACD estão caindo. O primeiro, para abaixo da linha 50, enquanto o eupertrend é de baixa (linha vermelha).

Os dois níveis de suporte mais próximos são encontrados em US$ 40.800 e US$ 38.000. Estes são os níveis de retração de 0,5 e 0,618 de Fibonacci, respectivamente. Até agora, o BTC voltou a subir após atingir o primeiro suporte, criando um longo pavio inferior.

Gráfico do BTC no TradingView

ETH

O ETH está em queda desde o dia 3 de setembro, depois de atingir uma alta de US$ 4.027. Ela parece ter assumido a forma de um canal paralelo de baixa.

Na terça-feira (21), o ETH atingiu a mínima de US$ 2.807 e voltou a subir, criando um longo pavio inferior. A queda foi feita exatamente no nível de retração de 0,5 de Fibonacci (branco).

A contagem mais provável sugere que o movimento de queda atual é parte de uma estrutura corretiva A-B-C (preta), na qual o ETH está atualmente na onda C.

A área mais provável para o fim do movimento está entre US$ 2.652 e US$ 2.595. Este é o nível de retração de 0,618 e daria às ondas A:C uma proporção de 1:1.

Gráfico do ETH no TradingView

XRP

A XRP está em tendência de baixa desde o dia 6 de setembro, depois de atingir uma alta de US$ 1,41. A queda foi acentuada, levando o token a um preço de US$ 0,86 nesta terça-feira (21).

O preço então se recuperou, validando tanto uma linha de tendência de alta quanto o nível de retração de 0,618 de Fibonacci em US$ 0,85.

Apesar da recuperação do preço, a XRP está enfrentando uma resistência considerável em US$ 1,05. Até que essa área seja recuperada, a tendência não pode ser considerada de alta.

Gráfico da XRP no TradingView

CHZ

A CHZ é negociada dentro de um canal paralelo de baixa desde o dia 12 de março, depois que atingiu a máxima histórica de US$ 0,945.

No dia 6 de setembro, a CHZ aparentemente rompeu esse canal paralelo. No entanto, isto foi apenas um desvio e o token logo voltou para dentro do canal.

Embora os indicadores técnicos não mostrem quaisquer sinais de reversão de alta, a CHZ é negociada logo acima de uma confluência de níveis de suporte criados pela área horizontal de US$ 0,25 e uma linha de tendência de alta.

Gráfico da CHZ no TradingView

XMR

A XMR estava seguindo uma linha de tendência de alta desde o dia 20 de julho. Isso levou a criptomoeda a uma alta de US$ 339,70 em 24 de agosto.

No entanto, a XMR tem caído desde então e rompeu abaixo dessa linha de tendência no dia 7 de setembro.

Até agora, o ativo atingiu a mínima de US$ 216,50 na terça-feira (21). Isso causou um salto na área de suporte horizontal de US$ 225 e um longo pavio inferior. No entanto, os indicadores técnicos no período diário ainda são de baixa.

Gráfico da XMR no TradingView

OMG

O OMG está seguindo uma linha de tendência de alta desde o dia 20 de julho. No período entre os dias 6 a 19 de setembro, ele criou um triângulo simétrico, rompendo esse padrão na segunda-feira (20).

Atualmente, o token tenta fechar acima da área de resistência de US$ 10,60, que é o nível de retração de 0,618 de Fibonacci. Se conseguir esse feito, o próximo suporte seria encontrado em US$ 12,40. O aumento do MACD e do RSI apoiam a possibilidade de um movimento de alta.

Gráfico do OMG no TradingView

HNT

No dia 17 de agosto, o HNT rompeu uma linha de tendência de baixa que estava em vigor desde a sua até então máxima histórica alcançada no dia 7 de abril.

O movimento levou o token a uma nova máxima histórica de US$ 26,73 em 23 de agosto. Embora o HNT tenha caído desde então, ele validou duas vezes a linha de tendência de baixa como suporte (ícones verdes).

Embora os indicadores técnicos ainda estejam de baixa, a ação do preço pode ser considerada de alta, desde que o HNT esteja sendo negociado acima desta linha de suporte.

Gráfico do HNT no TradingView

O artigo BTC, ETH, XRP, CHZ, XMR, OMG, HNT — Análise 21 de setembro foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.

Marketcrypto.com.br: News

EnglishGermanPortugueseRussian