BTC, ETH, XRP, AVAX, FTT, LINK e FTM – Análise 12 de janeiro

Avatar

Análise na movimentação de preços de sete criptomoedas, incluindo a Fantom (FTM), que está muito perto de atingir uma nova máxima histórica.

BTC

O BTC está dentro de um canal paralelo de baixa desde 27 de dezembro. O movimento levou a uma mínima de US$ 39.650 na segunda-feira (10). O movimento de alta que se seguiu causou uma recuperação das mínimas de 4 de dezembro (linha vermelha).

Atualmente, o BTC está sendo negociado na linha de resistência do canal. Um possível rompimento o levaria para a área de resistência de US$ 45.900, que também é o nível de retração de 0,5 de Fibonacci.

Gráfico do BTC no TradingView

ETH

No dia 30 de novembro, o ETH rompeu uma linha de tendência de baixa e um possível triângulo simétrico (ícone verde). O movimento de alta levou a um topo de 0,088 satoshis no dia 9 de dezembro.

No entanto, o token está em tendência de baixa desde então e não conseguiu se manter acima da linha de tendência anterior, rompendo abaixo dela (ícone vermelho) em 7 de janeiro.

A área de suporte mais próxima está em 0.071 satoshis. Se o ETH não saltar nesse nível, ele poderá cair até a linha de tendência de alta que está em 0,063.

Gráfico do ETH no TradingView

XRP

No dia 18 de dezembro, o XRP rompeu sua linha de tendência de baixa. No entanto, o ativo não conseguiu iniciar um movimento de alta significativo.

Atualmente, o token está precificado logo acima da área de suporte de 1750 satoshis, que está em vigor desde abril. Um rompimento abaixo desse nível poderia acelerar muito o movimento de queda. Por outro lado, a área de resistência mais próxima está em 2.800 satoshis.

Gráfico do XRP no TradingView

AVAX

A AVAX está em tendência de baixa desde 21 de novembro, quando atingiu o preço recorde de US$ 147. O token segue uma linha de tendência de baixa e atingiu a mínima de US$ 75,5 em 13 de dezembro. O salto que se seguiu serviu para validar a área de US$ 80 como suporte.

  • Ficou com alguma dúvida? O BeInCrypto possui uma série de artigos para lhe ajudar a entender o universo cripto. Confira!
  • Se quiser ficar atualizado no que acontece de mais importante no espaço cripto, junte-se ao nosso grupo no Telegram!

O token romper essa linha ou cair abaixo da área de suporte horizontal de US$ 80 provavelmente determinará a direção da tendência.

Gráfico da AVAX no TradingView

FTT

A FTT está seguindo uma linha de tendência de baixa desde 9 de setembro. A queda levou a uma mínima de US$ 33,8 no último sábado (8).

Embora isso tenha causado um rompimento abaixo das baixas de dezembro (linha vermelha), elas foram recuperadas logo depois. Além disso, o salto ocorreu logo acima do nível de retração de 0,786 de Fibonacci em US$ 35,25. Um rompimento da linha de tendência de baixa confirmaria que a correção chegou ao fim.

Gráfico da FTT no TradingView

A LINK está dentro de um canal paralelo de alta desde 20 de julho. No dia 10 de novembro, ela não conseguiu ultrapassar pela linha de resistência do canal  (ícone vermelho) e caiu imediatamente.

Isso levou a uma baixa de US$ 15,32 no dia 4 de dezembro. O salto que se seguiu validou a linha de suporte do canal (ícone verde). Atualmente, a LINK está sendo negociada bem no meio do canal (círculo verde). Os movimentos futuros provavelmente determinaram a direção da tendência futura.

Gráfico da LINK no TradingView

FTM

No dia 26 de dezembro, a FTM rompeu sua linha de tendência de baixa que estava em vigor desde 26 de outubro. O token atingiu uma alta de US$ 3,15 no início de 2022.

Após uma breve queda, a FTM iniciou outro movimento de alta. Nesta quarta-feira (12), o token recuperou a área de US$ 2,65, que deve atuar agora como suporte. Enquanto o ativo estiver acima desse nível, a tendência pode ser considerada de alta.

Gráfico da FTM no TradingView

O artigo BTC, ETH, XRP, AVAX, FTT, LINK e FTM – Análise 12 de janeiro foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.

Marketcrypto.com.br: News

EnglishGermanPortugueseRussian