BitPreço lança exchange descentralizada para brasileiros

BitPreço lança exchange descentralizada para brasileiros

Os fundadores do marketplace de criptomoedas BitPreço acabam de lançar uma exchange descentralizada (DEX) focada no mercado brasileiro.

Trata-se do projeto chamado BPdex, uma interface em português que utiliza a tecnologia do protocolo Uniswap.

Entrada de brasileiros no ecossistema DeFi

Em um comunicado encaminhado ao CriptoFácil nesta quinta-feira (1), a empresa explicou que objetivo da BPdex é ajudar os brasileiros a entrarem no mercado de Finanças Descentralizadas (DeFi).

Nesse sentido, o idealizador do projeto, Ney Pimenta, informou que serão produzidos uma série vídeos e tutoriais para os usuários.

Dessa forma, será possível:

“Transpor as dificuldades de acesso dos brasileiros à enorme quantidade de material e conhecimento existente sobre DeFi, mas que infelizmente está majoritariamente em inglês”, destacou.

O site da BPdex também disponibiliza um passo a passo de como utilizar o sistema.

Stablecoin pareada em Real

A plataforma ainda adotará uma stablecoin pareada no real como base das negociações. De acordo com o comunicado, o objetivo é tornar o uso da plataforma ainda mais intuitivo.

Isso porque os usuários não precisarão fazer conversões para dólares quando desejarem utilizar seus recursos.

A stablecoin escolhida foi a cBRL, por ser a mais utilizada no Brasil, segundo a equipe do BPdex. Além disso, a cBRL conta com o suporte de dezenas de exchanges e até bancos digitais como o Alterbank.

Espera-se que o processo de conversão de ativos em reais seja facilitado:

“A primeira moeda disponível para negociações será a Ethereum (ETH), mas em breve teremos também wBTC e outros tokens que os usuários demandarem”, ressaltou Yuri Fernandes, cofundador do projeto.

Benefícios da exchange descentralizada

O comunicado ainda lista uma série de benefícios em utilizar uma exchange descentralizada. 

O primeiro deles é o fato de não haver custódia das criptomoedas, já que elas pertencem ao usuários e ficam dentro de sua carteira.

Outra vantagem é a ausência de cadastros, pois os sistemas DeFi rodam diretamente conectados à carteira. Portanto, não é necessário fazer cadastros e nem enviar selfies ou documentos.

Ainda há a questão da segurança. Todo o sistema é executado em um contrato inteligente, seguro e auditado, diretamente na blockchain Ethereum.

A transparência é outro benefício, uma vez que as transações são feitas diretamente na blockchain Ethereum. Logo, não há riscos de fraudes ou insolvências.

Por fim, o comunicado detalha que não existem limites operacionais de quanto o usuário pode negociar, depositar ou sacar.

Crescimento na popularidade de DEX

A Uniswap é uma exchange descentralizada (DEX) que anunciou seu token (UNI) em meados de setembro.

No mesmo mês, a Uniswap se tornou a quarta maior exchange de criptomoedas do mundo em volume.

No dia 29 de setembro, faltando dois dias para fechar o mês, o protocolo descentralizado já tinha faturado mais de US$ 15 bilhões em volume, como mostra o gráfico abaixo da Messari: 

Uniswap
Uniswap

Leia também: “Bitcoin é uma péssima moeda”, diz Lobo de Wall Street

Leia também: Como comprar criptomoedas? Aprenda tudo que você precisa com esse guia

Leia também: Venezuela terá uma “exchange descentralizada” do governo

BTC LAST NEWS: Crupto Facil