BitMEX será classificada como empresa de “alto risco” para enviar criptomoedas

BitMEX será classificada como empresa de "alto risco" para enviar criptomoedas

A Chainalysis, empresa de pesquisa de blockchain, anunciou que está classificando a BitMEX como uma exchange de alto risco.

Assim, a empresa alertou seus clientes, incluindo instituições governamentais, bancos e empresas, que todas as transações envolvendo a exchanges serão consideradas “operações de risco”.

Agora, os clientes que usam a solução KYT (Conheça Sua Transação) da Chainalysis verão alertas no sistema. Essa sinalização valerá para transferências futuras e passadas e será exibida a partir de 13 de outubro.

Padrões de alto risco

Os usuários da API Chainalysis KYT usam a ferramenta para monitorar transações de criptomoeda. Com isso, eles são capazes de detectar padrões de atividade de alto risco.

A ferramenta identifica o risco em endereços sancionados pelo Office of Foreign Assets Control e operações vinculadas a mercados ilícito, fraudes e transações anômalas.

“Qualquer transferência da BitMEX após 1 de outubro deve ser considerada de alto risco. As equipes de conformidade também devem examinar as transferências mais antigas. No entanto, esta alteração será implementada de forma gradual, uma vez que pode desencadear alertas sobre milhares de transferências feitas no passado”, afirmou a Chainalysis em email aos seus clientes.

O movimento da Chainalysis ocorre uma semana depois que a Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC) dos Estado Unidos abriu um processo contra a BitMEX e seus proprietários. A CFTC acusa os envolvidos de operarem ilegalmente nos EUA.

Usuários já retiraram 50 mil BTC da BitMEX

Embora a empresa negue as acusações, os usuários já retiraram cerca de 50.000 Bitcoins da plataforma.

Além disso, dados da Arcane Research mostram que o número de posições abertas na BitMEX já caiu 16% desde então.

No entanto, de acordo com a CoinMetrics, embora cerca de US$ 500 milhões tenham sido retirados entre 30 de setembro e 3 de outubro, ainda há cerca de US$ 1,5 bilhão em Bitcoins na BitMEX.

Enquanto isso, um porta-voz da BitMEX disse que a exchange continua operando normalmente. Segundo ele, os saques estão sendo feitos de acordo com o cronograma usual.

Leia também: Arthur Hayes deixa BitMEX em dia de mudanças na exchange

Leia também: Investidores de Bitcoin são otários, afirma famoso professor

Leia também: John McAfee é preso por ganhar R$ 126 milhões com ICOs

BTC LAST NEWS: Crupto Facil