Bitcoin tem maior queda de liquidez em anos, revelam dados

Bitcoin tem maior queda de liquidez em anos, revelam dados

Está acabando o Bitcoin. Foi o que disse a empresa de dados de mercado de criptomoedas Glassnode por meio de outras palavras.

O fato é que apenas nos últimos 30 dias foram enviados cerca de 270.000 Bitcoins para entidades consideradas “hodlers”. Ou seja, investidores que guardam suas criptomoedas pensando em lucrar a longo prazo.

E isso, segundo um tuíte da Glassnode publicado na quarta-feira (21), está resultando no “maior esgotamento de liquidez em anos”.

Fonte: Glassnode
Fonte: Glassnode/Twitter

“Bitcoin está vendo o maior esgotamento de liquidez em anos.

Não apenas os fundos estão sendo retirados das exchanges, mas as moedas estão continuamente indo para mãos fortes. Nos últimos 30 dias, cerca de 270.000 BTC foram transferidos para entidades consideradas HODLers.”

Mesmo com o Bitcoin em baixa, cotado em cerca de US$ 32.500 no momento da redação deste artigo, a demanda pelo criptoativo está aumentando. Mas a oferta, por sua vez, está se tornando escassa.

Os 270 mil BTC movidos no último mês equivalem a R$ 46,40 bilhões de criptomoedas que estão indisponíveis para compra. 

Para o analista Luke Martin, o gráfico que mostra a queda de liquidez do BTC pode ser mais importante do que o gráfico de preços. Isso porque, segundo ele, o fornecimento de Bitcoins está sendo retirado das bolsas em um ritmo sempre alto.

“Historicamente, os ciclos de alta terminaram APÓS a mudança na oferta de liquidez virar positiva (Círculo amarelo). Essa reviravolta ainda não aconteceu”.

Análise de Luke Martin
Análise de Luke Martin. Fonte: Twitter

Sobre a escassez do Bitcoin

O recente hype do Bitcoin e a adoção da criptomoeda como investimento de proteção contra a inflação por empresas influentes estão impactando diretamente os resultados mostrados pela Glassnode.

Considerando o fato de que o BTC é um criptoativo originalmente escasso, isto é, programado para ter uma quantidade limitada, é possível que essa retirada de BTC do mercado resulte em um aumento de preço. 

Em meio a essa escassez, a plataforma eToro anunciou uma restrição de compras de Bitcoin nos finais de semana. 

“A demanda sem precedentes pelas criptomoedas, juntamente com a liquidez limitada, apresenta desafios à nossa capacidade de dar suporte aos pedidos de COMPRA no fim de semana”, disse a empresa em e-mail enviado aos usuários.

Leia também: Rockfellers no Bitcoin? BlackRock mira contratos futuros de BTC

Leia também: Jack Ma reaparece após 3 meses e ações da Alibaba fecham em alta

Leia também: Gasto duplo no Bitcoin? BitMEX identifica transação suspeita

BTC LAST NEWS: Crupto Facil