Bitcoin tem demanda três vezes maior que a oferta, aponta gráfico

Bitcoin tem demanda três vezes maior que a oferta, aponta gráfico

A demanda por Bitcoin (BTC) no último ano é três vezes superior à oferta de BTC minerados no mesmo período.

Isso indica que a oferta de novos Bitcoins não está sendo capaz de atender à demanda pela criptomoeda.

Demanda por Bitcoin é três vezes maior do que a sua oferta

A informação sobre o mercado do Bitcoin foi publicada por Jan Uytenhout. Ele é o cofundador da Capriole, que é uma gestora de fundos de investimentos em criptomoedas.

BTC
BTC

Juntamente com o gráfico, Uytenhout escreveu:

“A demanda supera a oferta em três vezes. Mesmo com o Bitcoin sendo minerado todos os dias, a oferta está diminuindo rapidamente. No último ano, 670 mil BTC [R$ 46,25 bilhões] foram minerados. No entanto, no mesmo período, 1,85 milhões de BTC [R$ 127,71 bilhões] foram comprados pelos HODLers.”

No gráfico, a linha azul representa a oferta total de Bitcoin até o ano de 2020. A área rosa, por sua vez, representa os BTC que já foram comprados e estão parados a um ano, no mínimo.

Ademais, a área verde representa o Bitcoin que está disponível no mercado. Estes são os BTC que estão sendo negociados no mercado e não ficam guardados por um longo período de tempo.

Vale lembrar que os “HODLers” são os investidores de longo prazo do Bitcoin.

Estatística aponta para a possível alta

A lei da oferta e da procura é um modelo econômico conhecido do mercado.

Assim, de acordo com o fundamento econômico, o produto que possui um interesse de compra superior à sua oferta tende a sofrer um aumento de preço.

Atualmente, o preço do Bitcoin está passando por um momento de valorização. No gráfico, é possível ver a evolução do preço do BTC nos últimos cinco dias:

BTC/BRL
BTC/BRL

Logo, a criptomoeda está cotada em R$ 69 mil, com uma valorização de 3,02%, de acordo com os dados do TradingView.

É provável que vários fatores estejam influenciando na cotação do Bitcoin, incluindo a diminuição da sua oferta no mercado de criptoativos.

Além disso, a compra de BTC por empresas como a MicroStrategy, a Square e a Grayscale contribuem para o fenômeno de escassez do Bitcoin.

Leia também: Bitcoin dispara enquanto Ethereum cai; Especialistas explicam os motivos

Leia também: Rompeu: Bitcoin supera sua máxima histórica em reais

Leia também: PayPal anuncia suporte para Bitcoin e pagamentos com criptomoedas

BTC LAST NEWS: Crupto Facil