Bitcoin pode sofrer correção e cair a R$ 110.000, afirma Mercado Bitcoin

Bitcoin pode sofrer correção e cair a R$ 110.000, afirma Mercado Bitcoin

O Bitcoin quebrou novos recordes e alcançou os R$ 200 mil nesta quinta-feira (7). Porém, o preço ainda pode passar por momentos de baixa.

É o que indica o Criptográfico, relatório divulgado pela exchange Mercado Bitcoin na segunda-feira (4). Lançado semanalmente, o relatório apontou dois possíveis momentos de correção no preço.

Análise indica pontos de retração

O relatório foi divulgado por Thales Inada, responsável pela análise gráfica semanal da exchange. Segundo ele, uma correção da criptomoeda inicialmente deverá buscar valores próximos de R$ 153.500.

Outro ponto de suporte indicado pela exchange é R$ 135 mil. Esse preço foi indicado como um suporte no relatório.

Caso ele seja rompido, aí a queda pode ser ainda mais acentuada. O Bitcoin pode vir a buscar os R$ 110 mil, uma queda de quase 50% em relação ao preço atual.

“Traçando o fibonacci desta última alta, para o semanal temos suportes em R$ 135.000, que praticamente coincide com o topo do canal. A primeira retração importante fica por volta dos R$ 110.000″, diz a exchange.

Indicação de possíveis correções do Bitcoin
Indicação de possíveis correções do Bitcoin. Fonte: MercadoBitcoin.

Correções após máximas anteriores

Uma correção nos preços atuais não pode ser descartada. Afinal, isso aconteceu na semana passada, quando o Bitcoin atingiu R$ 180 mil. Uma correção levou o preço da criptomoeda para abaixo de R$ 170 mil.

Em sua análise, o Mercado Bitcoin também considerou o Índice de Força Relativa (RSI, na sigla em inglês). O RSI mede a aceleração do movimento dos preços de determinado ativo e dá indicações sobre o movimento futuro

O Criptográfico sugere que a criptomoeda ainda pode apresentar algumas “realizações” durante a semana. No médio prazo, porém, o Bitcoin tende a apresentar uma correção.

“Analisando isoladamente este indicador, pode até sugerir alguma realização parcial, mas o período semanal predomina o longo prazo e devemos apenas aumentar as posições durante a correção e não focar tanto nas realizações.”

No momento da produção deste texto, o Bitcoin tem uma valorização de 13,27%. A criptomoeda é cotada a R$ 209.331,72. As fontes são do CoinMarketCap.

Leia também: Valeu, Musk: Bitcoin passa valor de mercado da Tesla

Leia também: Homem cria fundo de Bitcoin para pagar faculdade da filha e valoriza 400%

Leia também: Homem que acertou preço do Bitcoin em 2020 prevê: 2021 é US$ 220 mil

BTC LAST NEWS: Crupto Facil