Bitcoin pode atingir R$ 100 mil até o fim do ano, defende famoso bilionário

Bitcoin pode atingir R$ 100 mil até o fim do ano, defende famoso bilionário

O Bitcoin rompeu, em dólares, a zona dos US$ 12.000. Um avanço súbito no dia 17 de agosto deixou muitos investidores apreensivos.

No momento da escrita desta matéria, o criptoativo está cotado a US$ 12.009,92 – cerca de R$ 65.724,31.

Tendo em vista o futuro incerto do BTC, diversos analistas falaram com a Forbes sobre o que vem agora. Mike Novogratz, bilionário e fundador da Galaxy Digital, afirmou que é possível chegar aos R$ 100 mil até o fim do ano.

Futuro do Bitcoin é discutido por especialistas

Com o súbito momento de alta, o Bitcoin confirmou correlação com ouro e ações. Alguns defendem que o ouro está no controle do mercado de Bitcoin.

De qualquer forma, os fundamentos técnicos do criptoativos estão fortes, defendem os especialistas. Dentre eles, está Novogratz.

O bilionário afirmou em entrevista à CNBC que a injeção de dólares aumenta interesse em ouro e Bitcoin. Ambos os ativos são vistos como uma fuga em caso de colapso futuro da economia.

Ele defendeu ainda que é muito provável que o BTC atinja R$ 75 mil em alguns meses, e R$ 100 mil até o fim do ano.

O fundador da Galaxy Digital disse ainda que, embora tanto Bitcoin quanto ouro se favoreçam da liquidez, o criptoativo superará o metal precioso.

Analistas compartilham previsões

Bryce Gilleland publicou no Twitter por meio do perfil da sua empresa, Coincident Capital:

“Não há muita resistência para o Bitcoin acima de US$ 12 mil. A próxima parada é em US$ 13.800, pico da alta anterior, e depois é na alta histórica.”

Além de Gilleland, o famoso trader Scott Melker se limitou a dizer que o Bitcoin está iniciando uma alta que não pode ser parada.

Para aqueles que perderam a oportunidade de comprar na baixa, o trader Nik Yaremchuk apresentou uma boa notícia.

Antes de seguir com ganhos mais amplos, Yaremchuk defende que o BTC fará uma correção. Caso a alta realmente continue, uma correção é uma oportunidade para subir no barco.

Por fim, o ex-diretor da Goldman Sachs, Raoul Pal, afirmou que o BTC será o ativo com a melhor performance no mundo todo durante os próximos 24 meses.

Leia também: Bitcoin agora vale mais que Bank of America e moeda da Nova Zelândia

Leia também: Valorização do Bitcoin bate ouro, IBOV, Nasdaq e S&P 500 em 2020

Leia também: Brasil vai receber 10 caixas eletrônicos de Bitcoin

BTC LAST NEWS: Crupto Facil