Bitcoin em US$ 30.000 antes do Ano Novo é possível, defende analista

Bitcoin em US$ 30.000 antes do Ano Novo é possível, defende analista

No último domingo (27), o Bitcoin (BTC) registrou mais um recorde histórico superando os US$ 28.300. Na cotação em reais, o valor chegou aos R$ 150 mil. 

Desde então, a principal criptomoeda do mercado vem apresentando uma correção e no momento da redação deste artigo está cotada a cerca de R$ 140 mil. Portanto, a meta psicológica dos US$ 30.000 ainda não foi batida, mas segundo alguns especialistas isso está próximo de acontecer.

Bitcoin a US$ 30.000

A queda do BTC na segunda-feira (28) foi vista por analistas como sendo o início de um período de correção. Michaël van de Poppe, por exemplo, acredita que o Bitcoin parece pronto para continuar sua correção de baixa, principalmente por causa de seu status de “sobrecomprado”.

De acordo com o analista, a criptomoeda pode cair para menos de US$ 20.000 na próxima grande liquidação.

Por outro lado, há quem acredite que o criptoativo está bem próximo dos US$ 30.000 e alguns aspectos corroboram para esse entendimento.

Estímulo econômico

Ainda na segunda-feira, a Câmara dos Representantes dos EUA aprovou uma legislação para aumentar o alívio econômico para milhões de estadunidenses após uma demanda do presidente Donald Trump.

A medida propôs mudar o valor dos cheques de estímulo de US$ 600 para US$ 2.000. Além disso, a medida foi aprovada um dia depois de Trump assinar o segundo projeto de lei de alívio para a COVID-19 no domingo, liberando uma ajuda de US$ 900 bilhões para as famílias e empresas do país.

Portanto, se o Senado permitir que o projeto de lei emendado seja aprovado, o pacote de estímulo aumentaria substancialmente.

Dessa forma, pressionaria o dólar americano ainda mais para baixo, beneficiando o Bitcoin.

Investimento de US$ 100 milhões para o Bitcoin

Outra empresa listada na Nasdaq se juntou às companhias que investiram em Bitcoin. Trata-se da Greenpro Capital, uma empresa de inteligência de negócios com sede em Hong Kong. A empresa anunciou que comprará US$ 100 milhões do que chamou de “uma reserva de valor futura confiável”.

Para o analista Yashu Gola, isso pode permitir que os comerciantes identifiquem potenciais zonas de acumulação para planejar sua tendência de alta de médio a longo prazo, “criando uma configuração ideal para o preço atingir o nível de US$ 30.000”.

Google Trends

Por fim, outro fator que pode contribuir para os US$ 30.000 é o fato de que as pesquisas na Internet pela palavra-chave “como comprar Bitcoin” alcançaram uma pontuação bastante alta em um período de 12 meses, sugerindo que o mercado de criptomoedas está atraindo mais investidores do varejo.

Pontuação do Google Trends para “como comprar Bitcoin” tem tendência de alta
Pontuação do Google Trends para “como comprar Bitcoin” tem tendência de alta. Fonte: Google

Leia também: Criptomoeda valorizou 1.700% em 2020 e pode manter alta

Leia também: Elon Musk afirma que pode usar criptomoedas na colonização de Marte

Leia também: Trader perde R$ 9 milhões em token durante o Natal

BTC LAST NEWS: Crupto Facil