Bitcoin despenca aos R$ 53.000 e ameaça deixar alta

Bitcoin despenca aos R$ 53.000 e ameaça deixar alta

O mercado de Bitcoin despencou de volta aos R$ 53.000 nesta segunda-feira (7), declinando quase R$ 10.000 em uma semana.

Em dólares, o criptoativo está perto dos US$ 10.000, um nível importante para a alta vista até a semana passada.

Com exceção de Chainlink e Bitcoin SV, as altcoins também iniciaram a semana no vermelho

Preço do Bitcoin hoje

De acordo com dados obtidos pela ferramenta WorldCoinIndex, o BTC declinou 5,95% nas últimas 24 horas contadas da escrita desta matéria. A cotação do BTC hoje é R$ 53.620,37.

A máxima intradia foi registrada em R$ 55.665,69. A mínima intradia, por sua vez, chegou até os R$ 54.707,55.

Um especialista falou na última semana sobre a atual queda do Bitcoin. Caso o criptoativo fique abaixo dos US$ 10.000, “está tudo acabado”.

Em relação ao volume de troca do BTC, este é de R$ 180 bilhões. O gráfico do BTC referente às últimas 24 horas pode ser visto abaixo:

Gráfico com as variações de preço do BTC nas últimas 24 horas
Gráfico com as variações de preço do BTC nas últimas 24 horas. Fonte: WorldCoinIndex

Semana começa com quedas

Altcoins acompanharam a queda do Bitcoin no início da semana.

No top 10, Polkadot, Bitcoin Cash e Litecoin sofreram respectivas perdas de 3,66%, 2,60% e 2,90%. As exceções foram Chainlink Bitcoin SV, que valorizaram respectivos 2,89% e 1,22%.

Enquanto isso, Cardano, EOS e Neo exibiram respectivas quedas de 3,69%, 4,64% e 5,72%.

Até o fechamento deste artigo, o valor total do mercado de criptoativos era de R$ 1,711 trilhão. A dominância do BTC está em 57,9%.

Por fim, a cotação do dólar utilizada para converter os valores foi de R$ 5,30.

Leia também: Bloomberg chama projetos DeFi de “criptoportunistas”

Leia também: CVM e Ministério Púbico Federal fecham parceria para trocar informações

Leia também: Bitcoin valorizou 180% no primeiro semestre, aponta balanço

BTC LAST NEWS: Crupto Facil