Bitcoin caminha para valer R$ 550 mil em 2025, afirma Bloomberg

Bitcoin caminha para valer R$ 550 mil em 2025, afirma Bloomberg

O analista de mercado da Bloomberg, Mike McGlone, afirmou que o Bitcoin (BTC) está no caminho para chegar aos US$ 100 mil (R$ 550 mil) até 2025.

Na visão do especialista, a criptomoeda tem um histórico de “adicionar zeros” ao seu valor.

Bitcoin está no caminho da valorização

Ao escrever para a Bloomberg, McGlone afirmou que a adoção do BTC está aumentando. Isso empurra o seu preço para cima.

Dessa maneira, a criptomoeda cresceu do “quase zero” para US$ 10, em 2011. Na sequência, o BTC foi dos US$ 10 aos 1.000, em meados de 2013.

Mais além, de 2013 a 2017, o BTC disparou de US$ 1.000 para US$ 10.000.

Logo, ao dobrar esse período de quatro anos (2013 a 2017), McGlone acredita que o preço deve alcançar os US$ 100.000 (R$ 550.000) em 2025.

Há possibilidade de o Bitcoin falhar no crescimento da sua adoção. No entanto, McGlone afirma que os indicadores de demanda estão positivos e apontam para o sucesso da criptomoeda.

Nível de suporte aumenta a cada valorização

Na visão de McGlone, o preço do Bitcoin sofreu uma correção de 80% após atingir os US$ 1.000 em 2013.

Depois, a criptomoeda sofreu uma correção de 70% ao atingir os US$ 10.000 em 2017.

Assim, caso o BTC continue se comportando da maneira semelhante como fez anteriormente, é possível que atinja os US$ 100 mil em em 2025.

Isso acontece porque, a cada correção, o suporte do preço do Bitcoin é empurrado para cima, de acordo com McGlone.

Variações de preço do BTC entre 2010 e 2020. Fonte: Bloomberg

Ademais, no gráfico, a linha amarela representa a volatilidade de 260 dias no preço do Bitcoin.

Desse modo, percebe-se que a tendência é de queda na volatilidade, ao passo que o preço deve continuar subindo.

Bitcoin está se transformando em ouro digital

Mike McGlone considera que a oferta de BTC é “muito pequena” para a adoção em larga escala de bancos e outras instituições.

Por conta disso, não há como prever se a adoção de Bitcoin pelas empresas é um acerto ou erro, de acordo com o especialista.

De toda maneira, a diminuição constante na oferta de novos BTC transforma a criptomoeda numa “versão digital” do ouro.

Finalmente, McGlone aponta para o fato de que os derivativos do Bitcoin estão ajudando o criptoativo a se tornar uma modalidade de investimento interessante ao mercado. Algo semelhante aconteceu com o ouro em 2004.

Na época, o ouro ganhou fundos de investimento negociados na bolsa de valores (ETF’s, na sigla em inglês).

Leia também: Ouro perde para Bitcoin em rendimento mesmo em seu melhor ano

Leia também: BTC segue com baixa volatilidade e atinge recorde

Leia também: Incidente do ouro em Serra Pelada impressiona entusiastas de Bitcoin

BTC LAST NEWS: Crupto Facil