Bitcoin (BTC) volta a subir e se aproxima de resistência

Avatar

O Bitcoin (BTC) está próximo de atingir a linha de resistência de seu padrão de curto prazo. O ativo conseguir romper acima dessa linha ou voltar a cair provavelmente determinará a direção futura da sua tendência.

O Bitcoin está dentro de um canal paralelo de baixa desde 27 de dezembro. Isso levou a uma mínima de US$ 39.650 na segunda-feira (10). O ativo parou de cair depois de atingir a linha de suporte do canal e está subindo desde então.

O movimento de alta fez com que o BTC recuperasse as mínimas de 4 de dezembro (linha vermelha), abaixo da qual o preço aparentemente havia rompido.

Atualmente, o preço está muito próximo da linha de resistência do canal. Um rompimento acima pode fazer com que seu preço suba para US$ 45.900, nível de retração de 0,5 de Fibonacci e uma área de resistência horizontal.

Gráfico do BTC no TradingView

Potencial rompimento

Os indicadores técnicos suportam a possibilidade desse rompimento , uma vez que o MACD e o RSI estão ambos subindo.

O MACD é criado por médias móveis de curto e longo prazo (MA) e é quase positivo. Isso significaria que a média de curto prazo está se movendo mais rápido que a média de longo prazo, o que normalmente é um sinal de tendências de alta.

  • Ficou com alguma dúvida? O BeInCrypto possui uma série de artigos para lhe ajudar a entender o universo cripto. Confira!
  • Se quiser ficar atualizado no que acontece de mais importante no espaço cripto, junte-se ao nosso grupo no Telegram!

O RSI subiu acima de 30 e está perto de ultrapassar os 50, o que geralmente indica o começo de uma tendência de alta.

Gráfico do BTC no TradingView

Contagem de ondas do Bitcoin

Embora a contagem de ondas de longo prazo ainda seja indeterminada, a contagem de curto prazo indica que o Bitcoin completou um movimento de baixa de cinco ondas (preto).

No entanto, a onda cinco foi relativamente curta. Ele não conseguiu atingir o alvo de US$ 36.100 a US$ 36.500 dada pela proporção de 1:1 das ondas um e cinco (preto) e o nível de retração externa de 1,61 da onda quatro (branco). A contagem de sub-ondas é mostrada em vermelho.

Gráfico do BTC no TradingView

Um olhar ainda mais atento mostra que a sub-onda cinco também foi pequena em relação à sub-onda um e três. Ela é menos de 0,618 o comprimento da sub-onda um. Portanto, é possível que o Bitcoin ainda esteja na sub-onda quatro e que o movimento de queda se estenda em direção ao alvo descrito anteriormente.

Caso o movimento se estenda, dando às sub-ondas 1 e 5 uma proporção de 1:1, o BTC pode atingir uma mínima em US$ 36.900. Isso se encaixaria melhor com a meta de longo prazo.

Se o Bitcoin romper acima da linha de resistência do canal ou voltar a cair, provavelmente determinará qual contagem de ondas será realizada. De qualquer forma, parece que o ativo está muito perto de chegar ao fundo do movimento atual.

Gráfico do BTC no TradingView

O artigo Bitcoin (BTC) volta a subir e se aproxima de resistência foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.

Marketcrypto.com.br: News

EnglishGermanPortugueseRussian