Bitcoin (BTC) volta a crescer e ultrapassa US$ 43 mil

Avatar



Apesar subir na quarta-feira (29), o Bitcoin (BTC) não conseguiu sustentar seu movimento de alta. No entanto, o ativo ultrapassou a barreira dos US$ 43.000 no dia seguinte.

O Bitcoin rompeu uma linha de tendência de baixa e se move em direção à área de resistência mais próxima.

Bitcoin tenta ultrapassar resistência

O BTC tenta crescer acima da área de US$ 44.000, que antes funcionava como suporte, mas agora atua como resistência de preço.

Os indicadores técnicos no gráfico diário mostram alguns sinais de alta, como uma maior barra de momento no MACD. No entanto, o RSI ainda está abaixo de 50 e o MACD ainda é negativo.

Gráfico do BTC no TradingView

Canal de baixa

O gráfico de seis horas mostra que o BTC é negociado dentro de um canal paralelo de baixa desde a queda inicial do dia 7 de setembro.

Atualmente, ele é negociado na parte superior do canal, após saltar em sua linha média e no nível de retração de 0,5 Fibonacci.

Além disso, o MACD e o RSI estão subindo. Combinando com o fato de que os canais paralelos geralmente contêm estruturas corretivas, um rompimento do canal seria o cenário mais provável atualmente.

Gráfico do BTC no TradingView

O gráfico de duas horas mostra que o Bitcoin já rompeu uma linha de tendência de baixa, que fazia parte de um triângulo simétrico.

Além disso, o ativo recuperou a pequena área de resistência de US$ 43.000 e está em processo de validação desta área como suporte. O movimento de alta é apoiado pelo RSI e pelo MACD. Portanto, é provável que o BTC cresça no curto prazo.

Gráfico do BTC no TradinView

Contagem de ondas

A contagem mais provável sugere que a queda atual é uma estrutura corretiva A-B-C (laranja), na qual as ondas A:C têm uma proporção de 1:1. No entanto, como o movimento de alta não parece ser um novo impulsivo, é possível que a correção não esteja completa.

Portanto, faria sentido se o Bitcoin estiver em uma estrutura corretiva complexa e esteja atualmente na onda X (preto).

Um crescimento para US$ 45.550 alcançaria o nível de retração de 0,5 de todo o movimento de baixa e daria às ondas de curto prazo A:C uma proporção de 1:1. Portanto, é provável que o BTC volte a cair se chegar a US$ 45.550.

Gráfico do BTC no TradingView

O artigo Bitcoin (BTC) volta a crescer e ultrapassa US$ 43 mil foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.

Marketcrypto.com.br: News

EnglishGermanPortugueseRussian