Bitcoin (BTC) tenta se recuperar após não ultrapassar resistência

Avatar



O movimento de alta do Bitcoin (BTC) foi temporariamente interrompido na terça-feira (12), causando uma queda acentuada para o nível de US$ 55.000. A criptomoeda se recuperou um pouco desde então, mas está se aproximando rapidamente do topo de seu movimento dealta, caso ainda não o tenha feito.

Na última terça-feira, o Bitcoin atingiu um topo em US$ 57.839, superando a área de resistência de US$ 57.200. No entanto, ele não conseguiu se manter nesse nível (ícone vermelho) e caiu consideravelmente. A queda é um sinal de que o preço não foi capaz de romper a área de resistência de US$ 57.200. Esta é a resistência final para uma nova máxima histórica de preço.

Apesar da queda, os indicadores técnicos ainda são de alta. O MACD, que é criado por uma combinação de médias móveis de curto e longo prazo (MA), é positivo e está subindo. Isso significa que a tendência de curto prazo é mais rápida do que a tendência de longo prazo.

No entanto, o RSI, que é um indicador de força de tendência, está mostrando alguns sinais de fraqueza (círculo vermelho). Ele acabou de cair abaixo de 70, o que significa que, embora a tendência ainda seja de alta, ela deu os primeiros sinais de perda de força e potencialmente de queda.

Os níveis de suporte mais próximos são encontrados em US$ 46.650 e US$ 43.250. Estes são os níveis de retração de 0,382 e 0,5 de Fibonacci (branco) e devem apoiar o preço se ele continuar a cair.

Gráfico do BTC no TradingView

Correção potencial

O gráfico de seis horas mostra fraquezas da tendência de alta atual. Tanto o RSI quanto o MACD geraram divergências de baixa (linhas azuis).

Isso indica que o aumento de preço não foi acompanhado por um aumento semelhante na força compradora do mercado. Pelo contrário, ela estava caindo enquanto o preço subia. Resta saber se o RSI irá gerar uma divergência de baixa oculta (linha amarela), o que invalidaria a divergência normal anterior.

Se o movimento de queda continuar, haverá uma confluência adicional de suporte em US$ 46.650. Além de ser o nível de retração de 0,382 de Fibonacci, ai está a linha média do canal paralelo a partir do qual o Bitcoin rompeu anteriormente (círculo verde).

Gráfico do BTC no TradingView

Contagem de ondas do Bitcoin

A contagem de ondas mais provável indica que a queda contínua foi a porção final da onda quatro, que estava contida dentro de um canal paralelo de alta. Nesse caso, o próximo movimento de alta será a fase final antes de uma correção.

Gráfico do BTC no TradingView

A segunda possibilidade é que o Bitcoin já atingiu o topo do movimento e agora está corrigindo. Isso é menos provável devido ao fato de que as ondas não estão relacionadas entre si em nenhuma proporção, porque todas têm comprimentos muito diferentes.

Gráfico do BTC no TradingView

A contagem de ondas de longo prazo indica que o BTC está em formação de onda 1-2/1-2. Isso significa que ele pode subir consideravelmente após a conclusão da correção.

Gráfico do BTC no TradingView

O artigo Bitcoin (BTC) tenta se recuperar após não ultrapassar resistência foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.

Marketcrypto.com.br: News

EnglishGermanPortugueseRussian