Bitcoin (BTC) segue em alta e alcança maior valor em cinco meses

Avatar



O Bitcoin (BTC) ultrapassou a área de resistência de US$ 57.200 e agora poderá testar as máximas alcançadas em abril e maio deste ano.

O movimento atual pode levar o Bitcoin de volta ao nível de US$ 60.000 e caso rompa esse nível, a criptomoeda pode alcançar uma nova máxima histórica de preço.

Bitcoin rompe resistência

O Bitcoin subiu consideravelmente na segunda-feira (11), criando um grande candle de alta, que o levou para dentro da resistência de US$ 57.200. Este é o nível de retração de 0,786 de Fibonacci e a área de resistência horizontal final antes da sua máxima histórica atual.

O fato de o BTC ter conseguido fechar bem dentro desta área de resistência é um sinal de alta, uma vez que o movimento foi sustentado devido aos vendedores não serem capazes de empurrar o preço para baixo. Além disso, os indicadores técnicos no gráfico diário estão firmemente otimistas.

O RSI ultrapassou a linha 50. Cruzamentos acima e abaixo desta linha são usados como base para a direção da tendência. O cruzamento anterior acima desta linha levou o ativo a uma tendência de alta de quase dois meses.

Além disso, o MACD é positivo e está subindo. Este indicador é criado usando uma combinação de médias móveis de curto e longo prazo (MA). O fato de ser positivo e crescente mostra que a tendência de curto prazo está se movendo mais rápido do que a tendência de longo prazo.

Em terceiro lugar, a linha da Supertrend é de alta (ícone verde). A Supertrend é um indicador que usa preços de topos e fundos para determinar a direção da tendência. Se o preço do Bitcoin for superior à linha do indicador, a Supertrend é considerada alta. Uma vez que a criptomoeda acabou de se mover acima da linha de resistência do indicador (círculo verde), ele se tornou de alta.

Gráfico do BTC no TradingView

Contagem de ondas

O RSI gerou uma divergência de alta oculta. Isso é visto como um forte sinal de continuação da tendência. Sem surpresa, o BTC retomou seu movimento de alta imediatamente após esse sinal.

Gráfico do BTC no TradingView

A contagem de ondas também apoia a continuação da tendência de alta. Isso mostra que o Bitcoin está na quinta e última onda de um impulso de alta. Isso significa que, embora a tendência seja de alta, o BTC provavelmente está na parte final dessa tendência.

A onda quatro tinha uma forma triangular, que é mais comum para tais ondas, solidificando ainda mais a possibilidade de que esta seja a contagem correta.

O alvo mais provável para o topo do movimento é encontrado entre US$ 60.000 – US$ 60.600. Este alvo é encontrado usando o comprimento de 0,382 das ondas 1-3 (preto) e o comprimento 1: 1 da onda um (branco).

Gráfico do BTC no TradingView

O artigo Bitcoin (BTC) segue em alta e alcança maior valor em cinco meses foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.

Marketcrypto.com.br: News

EnglishGermanPortugueseRussian