Bitcoin (BTC) se recupera após semana de baixa

Avatar



O Bitcoin (BTC) concluiu potencialmente sua estrutura corretiva após voltar a subir na última sexta-feira (19). É fundamental que a área de suporte de US$ 56.500 não seja invalidada.

O Bitcoin caiu consideravelmente durante a semana de 15 a 21 de novembro e criou um candle engolfo de baixa no gráfico semanal. Este é um tipo de candle em que toda a alta da semana anterior é negada pela baixa sucessora.

Apesar da alta atual, o BTC ainda está sendo negociado logo abaixo da área de suporte de longo prazo de US$ 59.000 e atualmente está sendo negociado a US$ 57.500. A mesma área atuou anteriormente como a resistência mais alta de todos os tempos entre fevereiro e abril e agora deve atuar como suporte.

Gráfico do BTC no TradingView

Movimentação de curto prazo

O gráfico diário mostra que o Bitcoin está sendo negociado acima do suporte horizontal de US$ 56.500. Este é o nível de retração de 0,382 (branco) de Fibonacci ao medir a parte recente do movimento de alta.

Na última sexta-feira, o ativo saltou nesta área de suporte (ícone verde) e está atualmente testando-a novamente. Apesar da recuperação de curto prazo, os indicadores técnicos ainda são de baixa, uma vez que o MACD e o RSI estão caindo.

A queda é especialmente preocupante no RSI, que está abaixo de 50 (círculo vermelho). O RSI é um indicador de força de tendência, e a linha 50 é frequentemente considerada uma referência para determinar se a tendência é de alta ou de baixa.

 O RSI movimentou anteriormente acima de 50 em 29 de setembro (círculo verde), durante o início de um movimento de alta. Recuperar a linha 50 é obrigatório para que a tendência de alta seja retomada.

Se um rompimento de baixa ocorresse, o próximo suporte seria encontrado em US$ 53.250. Este é o nível de retração de 0,5 de Fibonacci.

Gráfico do BTC no TradingView

O gráfico de seis horas mostra que o BTC está se movendo abaixo de uma linha de tendência de baixa.

Gráfico do BTC no TradingView

Contagem de ondas do Bitcoin

A contagem de ondas do Bitcoin sugere que todo o movimento desde 20 de outubro é parte de uma estrutura corretiva A-B-C. A onda C teve uma proporção de 1: 1,61 em relação à onda A, o que é comum em tais estruturas.

Portanto, é possível que o fundo do movimento tenha sido atingido e a correção esteja completa. A contagem de ondas de longo prazo é decisivamente alta e mostra que o BTC está dentro de uma grande formação de ondas 1-2/1-2.

Gráfico do BTC no TradingView

A contagem alternativa de curto prazo é ligeiramente mais de baixa, uma vez que sugere que a queda de novembro foi a onda A de uma estrutura A-B-C.

No entanto, isso pode significar que um movimento de alta em direção à faixa de US$ 62.400 – US$ 64.000 ainda ocorre antes de outra queda. A contagem de sub-ondas é mostrada em vermelho.

Gráfico do BTC no TradingView

O artigo Bitcoin (BTC) se recupera após semana de baixa foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.

Marketcrypto.com.br: News

EnglishGermanPortugueseRussian