Bitcoin (BTC) se recupera após não ultrapassar resistência

Avatar

O Bitcoin (BTC) não conseguiu ultrapassar pela área de resistência de US$ 44.200 e atualmente está tentando encontrar suporte de preço.

Na quarta-feira (12), o Bitcoin rompeu um canal paralelo de baixa que estava em vigor desde 27 de dezembro. Este foi um sinal de que a sua correção havia chegado ao fim.

O preço do ativo continuou a subir até atingir uma alta de US$ 44.500 no dia seguinte. A alta foi feita exatamente no nível de retração de 0,382 de Fibonacci ao medir o movimento de queda anterior.

Embora houvesse uma resistência mais forte em US$ 45.800, o BTC não conseguiu alcançá-la. Após a rejeição, o ativo caiu e agora voltou à área de US$ 42.100, que anteriormente atuava como resistência. Espera-se que a área atue como suporte agora.

Gráfico do BTC no TradingView

Movimentação futura do Bitcoin

O gráfico de duas horas mostra que o Bitcoin está entre os níveis de retração de 0,382 a 0,5 de Fibonacci, em US$ 42.100 a US$ 42.650. Esta é uma área de suporte forte que pode iniciar um novo movimento de alta.

  • Ficou com alguma dúvida? O BeInCrypto possui uma série de artigos para lhe ajudar a entender o universo cripto. Confira!
  • Se quiser ficar atualizado no que acontece de mais importante no espaço cripto, junte-se ao nosso grupo no Telegram!

Há suporte até US$ 41.500, nível de de retração de 0,618 Fibonacci que também é uma área de suporte horizontal.

Gráfico do BTC no TradingView

No entanto, o gráfico diário fornece sinais mistos. Enquanto o MACD gerou sucessivas barras de impulso mais altas, sinal de uma potencial reversão de tendência, o Bitcoin criou um candle de baixa.

Portanto, enquanto os indicadores técnicos são de alta, a ação do preço é de baixa, deixando de fornecer um consenso para a direção da tendência da criptomoeda.

Gráfico do BTC no TradingView

Contagem de ondas

Existem duas possibilidades principais para a contagem de ondas de longo prazo, ambas indicando que o Bitcoin voltará a subir no curto prazo.

A primeiro sugere que o BTC está corrigindo dentro de um padrão corretivo W-X-Y (vermelho) desde que atingiu o preço recorde de US$ 69.000 em 10 de novembro. A contagem de sub-ondas é dada em preto.

Nessa possibilidade, o preço saltará no curto prazo para US$ 45.000 – US$ 48.000, completando a sub-onda B antes que outra queda completasse toda a correção.

Gráfico do BTC no TradingView

A contagem alternativa também indica que o BTC foi corrigido desde a sua máxima histórica. No entanto, toda a correção assumiu uma estrutura A-B-C (vermelha), na qual a onda A acaba de ser concluída.

Portanto, o salto seria mais significativo, atingindo picos próximos a US$ 55.000 antes de outra queda.

Gráfico do BTC no TradingView

O artigo Bitcoin (BTC) se recupera após não ultrapassar resistência foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.

Marketcrypto.com.br: News

EnglishGermanPortugueseRussian