Bitcoin (BTC) se aproxima de última resistência em direção a máxima histórica

Avatar



O Bitcoin (BTC) criou um candle de alta no gráfico semanal, continuando sua alta contínua em direção a uma nova máxima histórica. Espera-se que a criptomoeda ultrapasse o nível de US$ 57.150, que é a última resistência antes do seu atual preço recorde.

O gráfico semanal do Bitcoin está mudando para uma perspectiva de alta. Isso ocorreu principalmente por causa das leituras dos indicadores técnicos, e não da ação do preço.

Em primeiro lugar, a linha da Supertrend tornou-se positiva. A Supertrend é um indicador que usa topos e fundos para determinar a direção da tendência. Se o preço do BTC for superior à linha do indicador, ela é considerada de alta. Uma vez que a criptomoeda acabou de se mover acima da linha de resistência da Supertrend (círculo verde), o indicador tornou-se de alta novamente.

Além disso, tanto o RSI quanto o MACD indicam alta. O RSI, que é um indicador usado para medir a força de uma tendência, passou da linha 50 (ícone verde). Isso geralmente significa que a tendência é de alta e encerra um período de 77 dias em que o indicador estava abaixo deste nível. A última vez que o RSI cruzou acima de 50 foi em abril de 2020, antes da alta de US$ 64.000.

Já o MACD, que é criado por médias móveis de curto e longo prazo (MA), é positivo e está subindo. Além disso, seu histograma é quase positivo. Isso significa que a tendência de curto prazo está se movendo mais rápido do que a tendência de longo prazo.

Embora o Bitcoin ainda não tenha recuperado a linha de tendência de alta da qual havia rompido anteriormente, os indicadores indicam que a tendência de baixa chegou ao fim.

Gráfico do BTC no TradingView

Rompimento do Bitcoin

A perspectiva do gráfico diário está alinhada com a do gráfico semanal, mostrando leituras de RSI, MACD e Supertrend semelhantes. Além disso, o movimento do preço é de alta neste tempo gráfico.

O BTC está em processo de criação de um candle de alta dentro da área do pavio feito em 10 de outubro. Este é um sinal de que a pressão de venda está diminuindo.

Além disso, o BTC está se aproximando da resistência de US$ 57.150. Este é o nível de retração de 0,786 de Fibonacci e uma área de resistência horizontal. Se ocorrer um rompimento, a criptomoeda deve ter pouca resistência para impedi-la de subir em direção a sua atual máxima histórica.

Gráfico do BTC no TradingView

O gráfico de seis horas também oferece uma perspectiva de alta. Em primeiro lugar, ele mostra um rompimento de um canal paralelo de alta, um sinal de que a tendência é de alta e a correção anterior chegou ao fim.

Além disso, enquanto o BTC se consolidou abaixo da área de resistência de US$ 57.150, o RSI gerou uma divergência de alta oculta. Este é um forte sinal de continuação da tendência. Portanto, um rompimento seria o cenário mais provável.

Gráfico do BTC no TradingView

Contagem de ondas

Por fim, a contagem de ondas de longo prazo é de alta. Ela indica que o Bitcoin está atualmente em formação de onda 1-2/1-2. Isso significa que a subida atual é apenas a primeira parte do movimento de alta, que poderá acelerar consideravelmente.

Gráfico do BTC no TradingView

Em segundo lugar, a contagem de curto prazo mostra que o BTC está na quinta e última sub-onda da alta atual. O alvo mais provável para o topo fica entre US$ 59.900 – US$ 60.650. Este intervalo é encontrado usando o comprimento da onda um (branco) e os comprimentos das ondas 1-3 (preto).

Gráfico do BTC no Tradingview

O artigo Bitcoin (BTC) se aproxima de última resistência em direção a máxima histórica foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.

Marketcrypto.com.br: News

EnglishGermanPortugueseRussian