Bitcoin (BTC) não consegue ultrapassar US$ 44 mil

Avatar



O Bitcoin (BTC) tentou iniciar um novo movimento de alta na segunda-feira (28), mas não conseguiu se estabelecer acima da área de resistência de US$ 44.000.

Apesar do Bitcoin ainda ser negociado dentro da parte superior de um canal paralelo de baixa, a sua ação de preço carece de sinais de alta.

Bitcoin não consegue ultrapassar resistência

Na segunda-feira, o BTC tentou crescer acima da área de US$ 44.000, mas o movimento foi rejeitado (ícone vermelho). A área atuava como suporte em agosto e no início de setembro, mas voltou a ser uma resistência após a grande queda de preço vista no dia 20 de setembro. A rejeição criou um pavio superior e um candle de baixa.

Além de negociar abaixo da resistência, os indicadores técnicos do Bitcoin tornaram-se de baixa, com o RSI e o MACD caindo. O MACD acaba de cruzar em território negativo enquanto o RSI está abaixo de 50.

Se o BTC continuar caindo, a área de suporte mais próxima seria encontrada em US$ 38.000.

Gráfico do BTC no TradingView

Canal de baixa

O gráfico de seis horas mostra um canal paralelo de baixa, que geralmente contém estruturas corretivas.

Atualmente, o Bitcoin é negociado dentro de sua parte superior e um pouco acima do nível de retração de 0,5 de Fibonacci.

Apesar de estar acima de uma confluência de níveis de suporte, os indicadores técnicos são de baixa ou indecisos. O MACD é negativo e perdeu sua força, enquanto o RSI caiu abaixo de 50.

Gráfico do BTC no TradingView

O gráfico de duas horas mostra que o BTC segue uma linha de tendência de alta e fez três fundos mais altos desde 21 de setembro. Embora isso possa ser visto como uma estrutura de alta, a ação do preço não é de alta.

A área de resistência anterior de US$ 43.000 não conseguiu se transformar em suporte. Além disso, tanto o MACD quanto o RSI tornaram-se de baixa.

Embora haja um suporte muito forte em US$ 41.500, criado pelo nível de retração de 0,786 e a linha de tendência de alta, a ação do preço não parece indicar alta.

Gráfico do BTC no TradingView

Contagem de ondas

A contagem de ondas mais provável ainda indica que a queda entre os dias 7 de setembro e 21 de setembro era parte de uma estrutura corretiva A-B-C, na qual as ondas A:C tinham uma proporção exata de 1:1. Isso também é suportado pela presença do canal paralelo de baixa.

Porém, o movimento de baixa não parece impulsivo, lançando algumas dúvidas sobre a possibilidade de ser esta a contagem correta.

Gráfico do BTC no TradingView

Contagens alternativas podem ver o movimento como uma estrutura corretiva A-B-C plana (imagem superior) ou, no caso mais baixista, uma estrutura de onda 1 / 2- / 1-2 (imagem inferior). No momento, a contagem correta não pode ser determinada.

Gráfico do BTC no TradingView

O artigo Bitcoin (BTC) não consegue ultrapassar US$ 44 mil foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.

Marketcrypto.com.br: News

EnglishGermanPortugueseRussian