Bitcoin (BTC) enfrenta resistência após US$ 50 mil

Avatar



O Bitcoin (BTC) retomou sua tendência de alta no último domingo (3), ultrapassando um nível importante de resistência. Embora haja alguns sinais de fraqueza de curto prazo, espera-se que o ativo eventualmente cresça a níveis mais altos.

O Bitcoin subiu consideravelmente na terça-feira (5), criando um grande candle de alta. Isto foi importante porque elevou o preço acima da linha de resistência da supertrend (ícone vermelho).

A supertrend é um indicador criado usando os preços absolutos de alta e baixa em um determinado dia e serve como um medidor para a direção da tendência. Agora, ela finalmente ficou em alta (círculo verde), depois de estar em baixa desde o dia 7 de setembro.

A área de resistência mais próxima é encontrada em US$ 57.200. Este é o nível de retração de 0,786 de Fibonacci e uma área de resistência horizontal. O RSI e o MACD também estão indicando alta.

No caso do RSI, ele passou de 50 (ícone verde) e está subindo. O RSI é um indicador de momento, e seus cruzamentos acima e abaixo de 50 são sinais de que a tendência pode ser considerada de alta ou baixa. O cruzamento anterior acima de 50 ocorreu no dia 21 de julho e precedeu todo o movimento de alta para as máximas de 7 de setembro.

O MACD agora também é positivo. O indicador é criado por uma combinação de médias móveis de curto e longo prazo (MA), e um histograma positivo significa que a MA de curto prazo está subindo a uma taxa mais rápida em relação à de longo prazo. Portanto, a tendência no gráfico diário é claramente de alta.

Gráfico do BTC no TradingView

Movimentos futuros

O gráfico de seis horas também fornece uma leitura otimista. Em primeiro lugar, mostra que a alta de preço acelerou muito uma vez que o Bitcoin se moveu acima do nível de retração de 0,618 e o validou como suporte (ícone azul). Isso significa que, se o preço retornar a esse nível mais uma vez, um novo movimento de alta deve ocorrer.

Semelhante ao gráfico diário, os indicadores técnicos são de alta. O RSI cruzou acima de 70, o que significa que, embora a tendência esteja se tornando sobrecomprada, ainda é firmemente alta.

Gráfico do BTC no TradingView

Contagem de ondas do Bitcoin

Por fim, o gráfico de duas horas mostra que o Bitcoin rompeu um canal paralelo de alta e o validou como suporte em seguida (ícone verde).

Embora o BTC tenha subido desde então, tem havido alguma divergência de baixa no MACD. Isso significa que o aumento no preço não é acompanhado por um aumento no indicador e isso pode levar a uma queda no curto prazo.

No entanto, um movimento semelhante não ocorreu no RSI. Se o Bitcoin cair, espera-se que a linha de resistência do canal atue como suporte (ícone verde).

Gráfico do BTC no TradingView

A contagem de ondas mais provável indica que o movimento é um recuo da quarta onda. Isso significa que, após uma alta acentuada, uma queda igualmente acentuada pode ocorrer antes do movimento de alta final.

No cenário mais pessimista, a queda continuaria até a linha média do canal perto de US$ 45.000. No entanto, outro novo teste no topo do canal seria o cenário mais provável. A contagem de ondas de longo prazo também é de alta.

Gráfico do BTC no TradingView

O artigo Bitcoin (BTC) enfrenta resistência após US$ 50 mil foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.

Marketcrypto.com.br: News

EnglishGermanPortugueseRussian