Bitcoin atinge US$ 1 trilhão em valor antes de Google e Amazon

Bitcoin atinge US$ 1 trilhão em valor antes de Google e Amazon

Na sexta-feira (19), o Bitcoin (BTC) finalmente conseguiu a grande marca de US$ 1 trilhão de mercado. Com isso, a criptomoeda passou a representar pouco mais de 1% do mercado financeiro global.

Não só isso, mas atualmente o valor de mercado do BTC vale mais que todas as ações da Bovespa.

O que mais chama atenção foi que demorou “apenas” 12 anos para que tal feito fosse alcançado. O Google, que detinha o recorde, levou 21 anos para atingir tal marca.

Tempo recorde até US$ 1 trilhão

O fato foi ressaltado por Jon Erlichman, apresentador do BNN Bloomberg. Por meio do seu Twitter, Erlichman listou quanto tempo grandes empresas demoraram até chegar a US$ 1 trilhão.

Jon Erlichman lista tempo que empresas demorar até US$ 1 trilhão. Fonte: Jon Erlichman/Twitter
Jon Erlichman lista tempo que empresas demorar até US$ 1 trilhão. Fonte: Jon Erlichman/Twitter

A escassez do Bitcoin, que o faz ser classificado como “ouro digital”, é um dos fatores por trás do interesse dos investidores.

Interesse esse que, por sua vez, foi impulsionado pelo investimento de grandes instituições.

A alta, iniciada em novembro de 2020, parece reaquecida toda vez que uma grande empresa revela interesse em comprar BTC.

Outro dado importante é que, atualmente, o Bitcoin é o oitavo maior ativo em valor de mercado do mundo.

Desta mesmo, mesmo que tenha atingido US$ 1 trilhão antes de grandes empresas como Apple e Amazon, o BTC ainda não conseguiu ultrapassá-las em valor de mercado.

E se chegar em US$ 100 mil?

Uma campanha para o Bitcoin chegar aos US$ 100 mil começou nas redes sociais na sexta-feira (19).

Para participar, diversos entusiastas colocaram feixes de laser em seus olhos. Isso porque o nome da campanha é “raios lasers até US$ 100 mil”.

Até mesmo Elon Musk mudou sua foto de perfil no Twitter para aderir à campanha.

Considerando a quantidade de 18.633.375 BTC, caso o Bitcoin atinja os US$ 100 mil, ele tocará os US$ 1,8 trilhão em valor de mercado total.

Considerando a cotação atual do dólar, o valor ultrapassaria R$ 10 trilhões.

O valor será suficiente para ultrapassar todas as empresas mencionadas por Erlichman, tornando o BTC o quarto maior ativo do mundo em valor total.

Leia também: Analista explica alta da Binance Coin e outros tokens de exchanges

Leia também: Líder da banda Kiss compra R$ 1,6 milhão em Cardano

Leia também: Nvidia revela nova GPU feita para minerar Ethereum

BTC LAST NEWS: Crupto Facil