Banco brasileiro estuda parceria com bancos internacionais para enviar Bitcoin

Banco brasileiro estuda parceria com bancos internacionais para enviar Bitcoin

A partir do primeiro trimestre de 2021 será possível fazer transferências instantâneas pelo Telegram para qualquer parte do mundo.

A iniciativa é do Zro Bank, o banco digital que oferece contas em Bitcoin. Para viabilizar o serviço, a fintech está firmando parcerias com bancos internacionais.

Conta internacional permitirá envio de remessas

Conforme explicou o CEO do Zro Bank, Edisio Pereira Neto, os clientes do banco digital vão ter acesso a uma conta internacional integrada na plataforma.

Dessa forma, poderão enviar remessas internacionais para clientes Zro em todo o mundo.

Ele explicou que a transação levará menos de dez segundos. Além disso, dispensará a necessidade de preenchimentos de formulários ou o uso do Sociedade para Telecomunicações Financeiras Interbancárias Mundiais (Swift).

“Estamos finalizando a integração com um banco nos Estados Unidos e outro na Alemanha. Nossos clientes terão acesso a uma conta internacional integrada na plataforma e poderão fazer transferências instantâneas pelo Telegram para clientes Zro Bank em qualquer parte do mundo.”

O uso do aplicativo, conforme explicou Neto, descomplica a transação financeira. Ao mesmo tempo, estimula a criação de grupos para planejamento financeiro.

“Acreditamos que, para reinventar o mercado financeiro, é preciso recomeçar do zero. O propósito do Zro Bank é quebrar a barreira que existe na transferência de dinheiro no mundo, gerando inclusão financeira e devolvendo o controle para quem realmente merece, o cliente”, destacou.

Envio de BTC pelo Telegram

Conforme noticiou o CriptoFácil, os clientes do Zro, atualmente, já podem enviar Bitcoins através do Telegram em segundos.

O serviço lançado pela fintech integra operações em reais e em BTC, viabilizando esse tipo de pagamento.

Além das transferências também é possível emitir boletos e pagar contas gratuitamente com o app do Zro.

Integração com PIX

O banco digital informou ainda que já está aprovado para aderir ao sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central, o PIX.

Assim, os usuários poderão fazer transações instantâneas através da conta digital usando, por exemplo, um QR Code.

Leia também: Bitcoin vai subir se democratas dominarem os EUA, declara economista

Leia também: Investidores de Bitcoin são otários, afirma famoso professor

Leia também: PIX: Nubank vai dar até R$ 50 mil para quem usar o PIX

BTC LAST NEWS: Crupto Facil