B3 quer fornecer oráculos para Real Digital

Avatar



A B3, a Bolsa de Valores do Brasil, quer reforçar a utilidade do CBDC do país, o real digital, usando oráculos.

A B3, a Bolsa de Valores Brasileira, que oferece negociação de ETFs de Bitcoin, quer fornecer oráculos, fontes externas de dados inteligentes baseadas em contratos, para se conectar ao CBDC do Brasil, cujo piloto deve ocorrer em 2023. A bolsa é uma das poucas do mundo, junto do Canadá e Malásia, a oferecer ETFs em cripto.

Um dos benefícios que isso pode trazer, de acordo com o gerente geral de produtos e dados listados, Luis Kondic, é a distribuição automática de lucros para os acionistas com base nos insumos do oráculo na bolsa. Pagamentos a fornecedores em uma cadeia de suprimentos e liquidação automática de dívidas são outras aplicações possíveis, de acordo com um comunicado feito durante um evento online do Real Digital na quinta-feira, 30 de setembro de 2021.

Importância de dados de oráculos de alta qualidade

Contratos inteligentes são pedaços de código que ficam na blockchain e reagem quando certos eventos ocorrem. Os oráculos podem alimentar os dados do contrato inteligente do mundo, e o contrato inteligente pode ser programado para executar uma ação específica se os dados excederem um limite pré-especificado. Não há necessidade de depósito em tais situações.

O sucesso do uso de oráculos depende crucialmente de se a fonte de dados ser confiável e segura, e garantir esta segurança requer um investimento de capital significativo. É melhor que os nós que fornecem dados para contratos inteligentes recebam seus dados de agregadores de dados e sejam capazes de proteger esses dados por meio de verificação de credencial segura pelo agregador, por meio do uso de APIs proprietárias do agregador.

Os nós que não têm a capacidade de gerenciar conexões com APIs proprietárias geralmente se conectam a APIs gratuitas ou pirateadas de baixa qualidade que não são legalmente obrigadas a fornecer dados verificáveis.

Casos de uso de CBDC começam a surgir com oráculos

As conversas sobre o desenvolvimento de um CDBC brasileiro começaram em 2020. O presidente do Banco Central anunciou, no segundo trimestre de 2021, que vinha trabalhando na modernização do sistema financeiro no Brasil e que uma nova moeda, chamada de Real Digital, era uma progressão natural disso.

Outros bancos centrais, incluindo o Banco da Reserva da Nova Zelândia, demonstraram usos potenciais para oráculos e contratos inteligentes com um CBDC, para pagamentos de aluguel e contas.

A Cardano (ADA) recentemente fez uma parceria com a Chainlink como seu provedor de oráculos. Muitos aplicativos DeFi são configurados para se beneficiar dos dados fornecidos por eles, e a Chainlink é um provedor especializado em oráculos de alta qualidade. Um caso de uso específico para aplicativos descentralizados é a agregação de dados meteorológicos para empresas fintech para habilitar seguro paramétrico na África Subsaariana.

O artigo B3 quer fornecer oráculos para Real Digital foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.

Marketcrypto.com.br: News

EnglishGermanPortugueseRussian