B3 estuda lançar negociação de futuros de criptomoedas

Avatar



Entrada da bolsa de valores brasileira B3

A Brasil, Bolsa, Balcão (B3) estuda lançar em breve a negociação de futuros de criptomoedas para seus clientes. Caso se confirme, esse movimento seria apenas mais um da bolsa brasileira no mercado de criptomoedas.

Desde o início de 2021, ETFs de criptomoedas já foram listados na bolsa de valores.

Esses produtos que refletem índices de criptomoedas acabaram atraindo investidores interessados em participar do mercado cripto, ainda que indiretamente. De qualquer forma, esse “piloto” da B3 com o mercado de moedas digitais descentralizadas pode ter sido decisivo.

Em uma crítica recente a corretoras de criptomoedas, o CEO da B3 chegou a dizer que investidores tem mais segurança investindo neste mercado com a bolsa de valores.

B3 estuda lançar futuros de criptomoedas

Segundo uma publicação do Estadão, divulgadas pela Coluna do Broadcast, a B3 está planejando ampliar o suporte às criptomoedas, listando futuros.

Vale lembrar que o mercado de futuros difere do mercado a vista de negociações. Com os futuros, os investidores tentam por meio de contratos derivativos acertar o comportamento de preço de um ativo em determinada data.

Por exemplo, com a negociação de futuros os investidores de Bitcoin podem apostar que a cotação da moeda vai cair no dia 20 de dezembro de 2021. Caso isso realmente aconteça, quem comprou o movimento poderá então exercer sua compra na data, ganhando com essa especulação de mercado.

Já quem vendeu a queda do Bitcoin, que é o mesmo que apostar contra, deve entregar o preço na cotação abaixo do que gostaria, levando um belo prejuízo.

Esse mercado, vale lembrar, não é muito utilizado por traders iniciantes, sendo importante entender as regras de se aportar para evitar maiores prejuízos. Investidores profissionais também costumam utilizar as negociações de futuros para estratégias de hedge, que são para proteger o patrimônio de oscilações de mercado.

De qualquer forma, a B3 mostra ao mundo que é mais uma bolsa atenta ao mercado de criptomoedas, pronta para inovar em mais produtos e assim concorrer com as corretoras de mercado a vista.

Ainda não está claro como será o mercado de futuros da bolsa brasileira

Se o mercado de futuros de criptomoedas pode desembarcar no Brasil, a expectativa agora é de como seria essa ferramenta. Uma das dúvidas é se a B3 colocaria o mercado de futuros em relação ao Real ou Dólar, o que pode diferir para investidores.

Outro estudo ainda é sobre a base de usuários que utilizaria tal instrumento. No caso dos ETFs, a maioria dos clientes da B3 são pessoas físicas.

O momento da B3 ainda é de consulta ao mercado, contudo, dificilmente a bolsa lançaria negociações de mercado a vista, pois no Brasil ainda não há regulação sobre o tema. A CME nos Estados Unidos é uma das bolsas que negocia futuros, sendo que na Argentina outra planeja lançar em breve também.

Uma corretora que lista futuros de criptomoedas no mercado é a FTX, que lista futuros com vencimentos no trimestre atual, próximo trimestre e perpétuo. Então seria mais um detalhe a ser observado pela B3 como estratégia de lançamento, visto que no mercado de criptomoedas é facilmente encontrado.

Fonte: Livecoins

Marketcrypto.com.br: Livecoins

EnglishGermanPortugueseRussian