Analista explica alta da Binance Coin e outros tokens de exchanges

Analista explica alta da Binance Coin e outros tokens de exchanges

O mercado de criptomoedas segue com fortes valorizações esta semana. Enquanto o Bitcoin voltou a atingir suas máximas históricas, outros tokens seguem a mesma toada.

Um destaque especial vai para a Binance Coin (BNB). Após uma forte valorização, a criptomoeda chegou ao terceiro lugar em valor de mercado, ficando atrás apenas de Bitcoin e Ether (ETH).

Contudo, a valorização da BNB não foi uma exclusividade. Outros tokens emitidos por exchanges tiveram fortes altas. O analista Rakesh Upadhyay analisa cinco deles e mostra razões para as valorizações recentes.

Huobi Token (HT)

Emitido pela exchange Huobi, a HT também se beneficiou da alta recente. Apenas nas últimas 24 horas, o token já se valorizou 24,11%. Seu valor de mercado já ultrapassa os R$ 19 bilhões.

Segundo Upadhyay, os motivos por trás da valorização podem ser alguns lançamentos da exchange.

A Huobi anunciou em 3 de fevereiro a opção de empréstimos colateralizados em HT, com desconto de 50% nas taxas. Além disso, a empresa lançou uma nova blockchain, integração com derivativos e outras novidades.

Em termos técnicos, o analista destacou algumas possíveis áreas de suporte e resistência do HT.

“O par HT/USD provavelmente enfrentará resistência entre a zona de resistência de US$ 19,40 e US$ 20,31. Se o preço cair da zona, o primeiro suporte está na retração de Fibonacci de 38,2% em US$ 16,09 e, em seguida, no retração de 50% em US$ 15.06.”

Análise da HT. Fonte: TradingView.
Análise da HT. Fonte: TradingView.

OKB/USD

Outro token de exchange que ganhou destaque foi o OKB, emitido pela OKEx. Contudo, o ano passado foi marcado pela prisão do fundador da exchange. E isso impactou o preço do token.

No entanto, a exchange tomou algumas medidas para atrair novamente os clientes. Uma delas foi o início liquidações em tempo real para todos os contratos de swap perpétuo, futuros e opções.

A OKEx também anunciou planos de integração com a Lightning Network, prometendo transações mais rápidas e baratas com Bitcoin. Essa integração deve ocorrer no próximo trimestre.

Essas mudanças refletiram no preço do OKB. Com valorização de 25,89% nas últimas 24 horas, o token vale US$ 12,92 (R$ 70 na cotação em reais). E para Upadhyay, existe espaço para novas altas.

“Se os touros puderem empurrar o preço acima de $ 12,83 (o que já aconteceu), a tendência de alta pode se estender para US$ 13,87 e então US$ 15. No entanto, o RSI subiu acima do nível 81, o que sugere que o par OKB/USD está sobrecomprado no curto prazo”, disse.

Análise da OKB. Fonte: TradingView.
Análise da OKB. Fonte: TradingView.

BNB/USD

E finalmente chegamos a criptomoedas do momento: BNB. Hoje, ela é a maior criptomoeda emitida por exchanges em valor de mercado.

Dois fatores impulsionaram o uso da BNB – e o crescimento no preço. O primeiro deles é o aumento na demanda pela Binance Smart Chain (BSC), rede de transações criada pela Binance.

A BSC tem se apresentado como uma alternativa para o Ethereum. Enquanto este sofre com as altas taxas, a BSC manteve os baixos valores mesmo com o aumento nas transações.

E isso leva ao segundo fator: as finanças descentralizadas (DeFi, na sigla em inglês). Com a alta das taxas do Ethereum, os projetos desse mercado buscam uma alternativa para reduzir seus custos.

Nas últimas 24 horas, a criptomoeda teve uma forte alta de 45,89%. Seu preço atingiu os US$ 269 (R$ 1.455). Há espaço para novas altas, mas Upadhyay recomenda cautela.

“Se o preço superar US$ 284,08, a tendência de alta poderá ser retomada, com o próximo objetivo alvo em $ 367. Por outro lado, se o preço ficar abaixo do retração de Fibonacci de 61,8% (US$ 181,44), o par BNB/USD poderia refazer completamente a última perna do movimento de alta e cair para US$ 118, logo abaixo do exponencial de 20 dias média móvel de US$ 125”, alertou.

Análise da BNB. Fonte: TradingView.
Análise da BNB. Fonte: TradingView.

Leia também: 5 criptoativos com potencial para valorizar na queda do Bitcoin

Leia também: PancakeSwap vira maior DEX com R$ 8,5 bilhões em volume negociado

Leia também: Torneio de Counter-Strike vai distribuir Bitcoin aos jogadores

BTC LAST NEWS: Crupto Facil