Análise Dash: DASH pode bater US$ 400 após subir mais de 100%

Análise Dash: DASH pode bater US$ 400 após subir mais de 100%

A Dash passou 11 meses dentro de uma consolidação após a grande alta de 2017, na qual chegou a atingir US$ 1.500.  Desde então, o ativo apenas caiu de forma drástica.

Nesse momento, parece-me estar muito subvalorizado, já que temos o ativo num forte suporte e prestes a reverter a tendência novamente. O que esperar dessa moeda nas próximas semanas?

Confira na análise de hoje!

Gráfico semanal

No gráfico semanal, podemos ver a Dash num momento de correção após formar e romper um triângulo com divergência de alta. Após atingir US$ 125, o criptoativo testa o suporte na região entre US$ 90 e US$ 100.

Após esse tipo de rompimento, podemos observar altas relevantes pelo menos do tamanho da base do triângulo. Como só tivemos metade disso até agora, podemos traçar um próximo alvo lá nos US$ 160.

Gráfico semanal da Dash (W)
Gráfico semanal da Dash (W)
Gráfico semanal (W)
Gráfico semanal (W)

Gráfico diário

Ao olharmos para o gráfico diário, podemos ver melhor as projeções de alta para a próxima onda. Nela, o Fibonacci aponta alvos em US$ 140 e depois US$ 160:

Gráfico diário da Dash (D)
Gráfico diário da Dash (D)

Conclusão

Olhando o cenário mais amplo, no gráfico semanal podemos ver o criptoativo ainda preso numa grande consolidação entre os US$ 40 e US$ 140.

Caso rompida, podemos ter os preços indo buscar patamares cada vez maiores, com o primeiro alvo importante na casa dos US$ 400.

Gráfico semanal da Dash (W)
Gráfico semanal da Dash (W)

Possuo Dash em minha carteira de longo prazo e acredito que a moeda está subvalorizada nesse momento. Nos próximos meses, trago atualizações sobre esse criptoativo.

Leia também: Analista recomenda: não vendam suas criptomoedas agora

Leia também: Ethereum supera os US$ 600 e busca os US$ 1.200, prevê analista

Leia também: Executivo da Ripple afirma: Bitcoin é à prova de balas

BTC LAST NEWS: Crupto Facil