Análise Bitcoin: BTC pode atingir US$ 200.000

Análise Bitcoin: BTC pode atingir US$ 200.000

Ao longo da última semana, o Bitcoin finalmente rompeu os US$ 20 mil e fechou o candle semanal relevante acima desse patamar.

O que esperar para as próximas semanas no Bitcoin?

Confira na análise de hoje!

Gráfico semanal

Ao iniciar nossa análise pelo gráfico semanal, podemos ver os preços acima dos US$ 23 mil. Nesse momento, e agora com o mercado acima dos US$ 20 mil, o próximo alvo está acima de US$ 30 mil.

Gráfico semanal do Bitcoin (W)
Gráfico semanal do Bitcoin (W)

Agora com essa atual grande alta, uma nova linha de tendência se formou. Por meio dela, podemos nos guiar para novas entradas em bons preços e também medir se o mercado continua em tendência de alta.

No momento, temos o mercado em forte tendência e já bem afastado da linha de tendência de alta (LTA).

Caso tenhamos o mercado corrigindo ao longo das próximas 2 ou 3 semanas, o ponto de correção está entre US$ 19.000 e US$ 15.500.

Gráfico semanal do Bitcoin (W)
Gráfico semanal do Bitcoin (W)

Gráfico diário

Para quem estiver olhando pelo gráfico diário, podemos ver outra LTA (verde) ainda mais apertada. Ela pode ser rompida com facilidade em uma queda relevante de 15% ou mais.

Caso uma queda aconteça e a LTA seja rompida, vale ficar atento a um possível pullback para testar a região rompida.

Nesse momento, será hora de pensar nas vendas de curto prazo.

Gráfico diário do Bitcoin (D)
Gráfico diário do Bitcoin (D)

Gráfico mensal

Estamos apenas no início do que pode ser uma grande alta semelhante a 2017.

Caso tenhamos algo que seja apenas metade do que foi 2017, já podemos ter os preços indo aos US$ 200.000 de meses, ou 2 a 3 anos.

Acredito que, até lá, não teremos grandes correções demoradas como em 2014, 2015 e 2018. Teremos quedas fortes de 30 a 50%, mas serão apenas oportunidades para nós investidores de longo prazo.

Gráfico mensal do Bitcoin (M)
Gráfico mensal do Bitcoin (M)

Conclusão

No curto prazo, acredito ser possível uma correção ao longo das próximas 2 ou 3 semanas, pois estamos subindo a algumas semanas após o último padrão de alta relevante.

Uma correção para testar os US$ 20 mil rompidos seria mais que normal, e também serviria de oportunidade.

Mantenho meus Bitcoins em carteira e não pretendo vender tão cedo em meio a esse cenário atual.

Leia também: Fim da alta do Bitcoin pode demorar, apontam dados

Leia também: Sem Bitcoin: argentinos preferem DAI para fugir da crise

Leia também: Mais uma empresa listada na Nasdaq investe em Bitcoin

BTC LAST NEWS: Crupto Facil