Amazon divulga aumento de 44% na receita em resultados de 2020

Amazon divulga aumento de 44% na receita em resultados de 2020

A Amazon divulgou a lista de seus resultados trimestrais na terça-feira (2). Os dados dizem respeito ao quarto trimestre de 2020, encerrado em 31 de dezembro.

Segundo as análises, os resultados mostraram a força e resiliência da empresa. Mesmo com a crise gerada pela pandemia de Covid-19, os números da Amazon tiveram forte desempenho.

Dados do quarto trimestre de 2020

Inicialmente, a empresa divulgou os dados do quatro trimestre. As vendas líquidas aumentaram 44% e atingiram US$ 125,6 bilhões no quarto trimestre, em comparação com US$ 87,4 bilhões no mesmo período de 2019.

Excluindo o impacto favorável de US$ 1,7 bilhão das mudanças ano a ano nas taxas de câmbio ao longo do trimestre, as vendas líquidas aumentaram 42% em comparação com o quarto trimestre de 2019.

A receita operacional aumentou para US$ 6,9 bilhões no quarto trimestre. O aumento foi de quase 100% em comparação com a receita operacional de US$ 3,9 bilhões do quarto trimestre de 2019.

Com isso, o lucro líquido da empresa também aumentou, atingindo US$ 7,2 bilhões. Isso representa um lucro de US$ 14,09 por ação da empresa.

O aumento foi de quase 100% em comparação o mesmo período do ano anterior. Em 2019, a Amazon atingiu lucro líquido de US$ 3,3 bilhões, ou US$ 6,47 por ação.

Resultados de 2020

Os resultados trimestrais também foram acompanhados do desempenho da empresa em todo o ano de 2020. As vendas líquidas aumentaram 38%, para US $ 386,1 bilhões, em comparação com US$ 280,5 bilhões em 2019.

Excluindo o impacto favorável de US$ 1,4 bilhão das mudanças ano a ano nas taxas de câmbio estrangeiras ao longo do ano, as vendas líquidas aumentaram 37% em comparação com 2019.

A receita operacional atingiu US$ 22,9 bilhões. Trata-se de um aumento de quase 50% em comparação com a receita operacional de US$ 14,5 bilhões em 2019.

O lucro líquido anual atingiu US$ 21,3 bilhões, ou US$ 41,83 por ação. Em 2019, o lucro líquido foi de US$ 11,6 bilhões, ou US$ 23,01 por ação diluída, em 2019.

As ações da empresa fecharam o pregão da terça-feira com uma alta de 1,11%, aos US$ 3.380. Os futuros desta quarta-feira (3) abriram em forte alta de 2,46%, aos US$ 3.463.

Já no Brasil, os BDRs da empresa fecharam o dia estáveis, aos R$ 117.

Futuros da Amazon abrem em forte alta após resultados. Fonte: TradingView

Jeff Bezos deixará cargo de CEO

O desempenho das ações ocorre mesmo com a notícia da saída de Jeff Bezos. O fundador da Amazon deixará o cargo de CEO nos próximos meses.

Será feito um período de transição entre Bezos e o novo CEO. A expectativa é que a troca no comando da empresa ocorra no terceiro trimestre de 2021.

Bezos continuará na empresa, porém ocupando o cargo de presidente executivo. Para ocupar o lugar seu lugar, foi escolhido Andy Jassy, que atualmente comanda a Amazon Web Services (AWS). A divisão é a mais rentável de toda a companhia.

Na divulgação dos resultados, Bezos destacou o caráter inovador da Amazon desde a sua fundação, em 1994. E também citou o momento atual como o ideal para a transição.

“A Amazon é o que é por causa da invenção. Nós fazemos coisas malucas juntos e depois as tornamos normais. Se você fizer isso direito, alguns anos depois de uma invenção surpreendente, a coisa nova se tornou normal. Quando você olha para nossos resultados financeiros, o que você está realmente vendo são os resultados cumulativos de longo prazo da invenção. No momento, vejo a Amazon em seu estado mais anisotrópico de todos os tempos, tornando-se um momento ideal para essa transição”, disse.

Leia também: Mike Novogratz: 5 criptomoedas DeFi podem substituir bancos e bolsas

Leia também: Forbes lista 4 criptomoedas que superaram o Bitcoin

Leia também: Visa cria plataforma para comprar Bitcoin em bancos

BTC LAST NEWS: Crupto Facil