Alta do Bitcoin é explicada em detalhes por especialista

Alta do Bitcoin é explicada em detalhes por especialista

O otimismo sobre o preço do Bitcoin já tomou a comunidade de criptoativos. Dessa maneira, há diversos indicadores que apontam para a valorização do BTC em um futuro próximo.

De qualquer forma, é interessante quando um especialista realiza uma abordagem ampla sobre a questão. Foi exatamente o que aconteceu em uma publicação “antiga” do Twitter.

Um entusiasta de criptomoedas explica, em detalhes, porque o mercado está vivenciando o início de uma alta do Bitcoin.

São abordados diversos aspectos diferentes: comportamento das baleias, saques das exchanges, indicadores técnicos, entre outros.

Agora, a postagem foi ressuscitada, pois os seus fundamentos estão sendo justificados pelo volume da oferta de Bitcoin em lucro atual.

Vijay Boyapati fala sobre o bull run do Bitcoin
Vijay Boyapati fala sobre o bull run do Bitcoin

Bitcoin está vivenciando o início nova alta

Bull run é um termo em inglês que descreve um mercado no qual o preço de um ativo dispara.

Assim, é muito comum escutar que o Bitcoin está à beira de um bull run, ou que o mercado do Bitcoin está bullish (tendendo à valorização, em tradução livre).

Entretanto, as afirmações positivas sobre o preço da criptomoeda são, geralmente, mais baseadas em torcida do que em fundamentos.

Vale destacar, contudo, que esse não é o caso da série de publicações feitas por Vijay Boyapati. Nela, o entusiasta explica as razões do seu otimismo em relação ao preço do Bitcoin de forma detalhada.

Segue abaixo uma compilação de sua linha de raciocínio.

Preço do Bitcoin BTC em 2020
Preço do Bitcoin BTC em 2020

Motivos pelo qual o preço do Bitcoin vai subir

De acordo com Boyapati, o bull run começa de forma lenta.

Inicialmente, há um excesso de oferta, já que os investidores que compraram BTC no último ciclo de valorização estão esperando o preço bater a máxima anterior para sair das suas posições.

Isso acontece com investidores novos e com as baleias que lamentam não terem vendido os seus BTC no último bull run.

Assim, antes do bull run, diversas posições “fracas” são liquidadas por acumuladores (HODLers). Os HODLers acreditam na valorização do Bitcoin a longo prazo.

Boyapati ainda pondera que as notícias boas, dentro de um mercado em baixa, não são eficazes.

Entretanto, em um bull run, as notícias negativas também não surtem efeito. Desse modo, a cada queda no preço, os investidores aproveitam para acumular mais Bitcoin.

Quando o novo recorde de preços é alcançado, não há limites para o crescimento da moeda, pois aquela oferta em excesso é “batida”. Agora, como ninguém sabe o novo topo, a subida do Bitcoin acelera.

De acordo com Boyapati, o preço do Bitcoin tem uma tendência de parábola. Dessa maneira, grande parte da valorização acontece num período curto de tempo, no final do bull run.

No último bull run, o Bitcoin valorizou US$ 5.000,00 em questão de dias, pondera o investidor.

Na sequência, ele afirma que diversas correções acontecem durante a corrida, que são confundidas com os “topos”. Boyapati completa que isso acontecerá nesse próximo bull run.

O final do bull run acontece quando há muito spread (diferença) no preço do BTC entre as várias exchanges.

A publicação é do final de 2019. Porém, ela ressurgiu na comunidade de criptoativos.

Percentual de endereços de BTC no lucro
Percentual de endereços de BTC no lucro

Atualmente, 93,5% da oferta de Bitcoin está no terreno do lucro. Isso simboliza que a liquidação de posições fracas está chegando ao fim. Portanto, o bull run definitivo do Bitcoin está realmente próximo de acontecer.

Leia também: Empresa listada na Nasdaq investe mais de R$ 1 bilhão em Bitcoin

Leia também: Bitcoin declina enquanto mercado tradicional opera em alta

Leia também: Bitcoin romperá os R$ 70 mil em breve, acreditam especialistas

BTC LAST NEWS: Crupto Facil